Perguntas Frequentes

MBA e especialização, qual a diferença?

Os cursos de pós-graduação compreendem nomenclaturas diferentes. Vamos tirar suas dúvidas sobre a diferença entre um MBA e uma especialização.

Para compreender a diferença entre especialização e MBA é necessário saber que, ambos são cursos de pós-graduação, no entanto nem toda Pós-graduação enquadra-se como uma especialização ou um MBA.

A Pós-graduação, como a própria nomenclatura já explica, é qualquer curso feito após a graduação. Contudo, não é tão simples assim, ela é dividida em duas categorias: cursos destricto sensu e lato sensu. Os cursos de stricto sensu são cursos compreendem programas de mestrado e doutorado. Já o lato sensu refere-se aos cursos de especializações e MBAs.

Então qual é a diferença entre uma especialização e um MBA?

Como foi colocado, ambos são cursos de pós-graduação lato sensu, no entanto há diferença entre os dois tipos de cursos. Vamos ver:

Especialização

Conhecida como “pós”, é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) como um curso de pós-graduação de objetivo técnico ou profissional específico. Qualquer curso de especialização precisa ter uma carga horário mínima de 360 horas e para ingressar no curso é necessário ter um diploma de graduação. Ao concluir o curso, o aluno tem o título de especialista.

MBA

O MBA é a sigla do termo, em inglês, Master Business Administration, no entanto, como o nome sugere, não corresponde a um curso de mestrado. O MEC designa os cursos de MBAs como pós-graduações na área de administração. MBAs são voltados para área de negócios e gestão empresarial e abrange outras áreas (saúde, comunicação etc) a partir da perspectiva do “business”.

Porque fazer um Mestrado

Por que investir em um Mestrado?

O mestrado é curso de pós-graduação stricto sensu, para o ingresso é necessário que o aluno possua diploma de graduação (bacharelado ou licenciatura). Um curso de mestrado dura cerca de dois anos e tem um processo de seleção específico que pode variar de acordo com o programa em que está veiculado.

No curso de mestrado o aluno irá aprofundar seus conhecimentos em determinada área de conhecimento, que pode, ou não, estar diretamente ligada à sua graduação. É possível, por exemplo, que um graduado em serviço social faça um mestrado em saúde mental e, a partir disso, passe a atuar na área de saúde.

O mestrado também é indicado para quem deseja ingressar na vida acadêmica. No Brasil, está diretamente ligado a carreira de professor universitário. Graduação, mestrado e doutorado, são etapas a serem cumpridas nessa profissão.

O aluno que conclui o curso de mestrado tem o título de Mestre. Essa titulação pode abrir oportunidades no mercado, direcionado a área de atuação, e é o primeiro passo, após a graduação, para uma carreira acadêmica.

Dúvidas sobre Mestrados e Doutorados

Mestrado e doutorado são grandes passos na capacitação acadêmica e profissional. Trazemos algumas questões sobre esses cursos.

Os cursos mestrado e doutorado são cursos de pós-graduação stricto sensu, ou seja, são de natureza acadêmica e de pesquisa, mesmo quando voltados para o setor profissional, têm objetivo científico.

A Coordenação de aperfeiçoamento de pessoal de nível superior (Capes) apresenta que os seguintes objetivos justificam a necessidade dos cursos de mestrado e doutorado:

– formação de professorado competente que possa atender a demanda no ensino básico e superior garantindo, ao mesmo tempo, a constante melhoria da qualidade;
– estimular o desenvolvimento da pesquisa científica por meio da preparação adequada de pesquisadores;
– assegurar o treinamento eficaz de técnicos e trabalhadores intelectuais do mais alto padrão para fazer face às necessidades do desenvolvimento nacional em todos os setores.

Agora que compreendemos o que o mestrado e doutorado, vamos para as principais dúvidas sobre esses cursos.

Qual a diferença entre mestrado e doutorado?

mestrado é um curso em que se irá aprofundar conhecimentos específicos, geralmente da graduação, a partir da pesquisa científica. O curso dura em média dois anos e para conclusão é necessário a apresentação de uma dissertação em que o aluno irá apresentar a sua pesquisa durante o curso. Tendo o trabalho aprovado por uma banca examinadora, o aluno terá o título de Mestre.

O doutorado necessita de um aprofundamento conhecimento e dedicação à pesquisa ainda maior que no mestrado. O curso dura em média entre 3 e cinco anos. Para conclusão é necessário a apresentação de uma tese. A tese será avaliada por uma banca examinadora e, caso seja aprovada, o aluno tem o título de Doutor.

Existe mestrado profissional?

Existem dois tipos de mestrados: o acadêmico e o profissional.

O mestrado acadêmico é voltado para pesquisa e ensino científica, mais direcionado para quem deseja seguir carreira acadêmica.

O mestrado profissional enfatiza estudos e técnicas diretamente voltadas ao desempenho de um alto nível de qualificação profissional, mais direcionado para quem deseja atuar no mercado.

É possível fazer doutorado sem ter o título de mestre?

Se a o programa ao qual o curso de doutorado está vinculado considerar o projeto apresentado pelo candidato de extrema relevância é possível que ele “pule” o mestrado e ingresse no doutorado. Nesse casso o diploma de graduação é obrigatório. No entanto, a maioria dos programas de doutorado preferem que o aluno siga a trajetória acadêmica – Graduação / Mestrado/ Doutorado – por uma questão de desenvolvimento e amadurecimento acadêmico.

Fique por dentro de todas as novidades UNICORP